Esclarecimentos à comunidade escolar

Prezados pais e responsáveis,

 

Esperamos que todos vocês estejam bem.

Nos últimos dias, recebemos muitos questionamentos e dúvidas da comunidade. Por conta disso, compartilho com vocês alguns esclarecimentos essenciais sobre o momento no qual estamos vivendo, com a suspensão temporária das aulas presenciais.


Os dias sem aulas presenciais precisarão ser recuperados? As aulas domiciliares valem como dias letivos?

As aulas domiciliares serão contabilizadas normalmente como dias letivos. O Governo Federal determinou que as escolas poderão distribuir a carga horária em um período diferente do inicialmente previsto em lei. As 800 horas da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio poderão ocorrer em um período diferente dos 200 dias letivos previstos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Mesmo assim, se houver necessidade de aulas de recuperação para rever ou complementar os conteúdos trabalhados nesse período, a escola irá oferecê-las em um calendário especial.

 


Caso a suspensão das aulas presenciais seja, mais uma vez, prorrogada, como ficará o calendário escolar?

 

Estamos passando por situações imprevistas e atípicas. Por conta disso, toda projeção deve ser feita com cautela. O Conselho Nacional de Educação sustenta que as decisões deverão ser feitas no âmbito de estados e municípios, que indicarão como serão recuperados eventuais conteúdos e atividades. Naturalmente, tais decisões serão tomadas quando houver um maior entendimento dos resultados das medidas de isolamento social e da possibilidade de retorno às aulas presenciais.


O aprendizado será afetado? Os alunos perderão conteúdos? 


Formatos de educação e ensino híbridos que associam atividades presenciais com as domiciliares ou à distância já fazem parte dos contextos educacionais contemporâneos. O uso de tecnologias que auxiliam e qualificam ainda mais os aprendizados aumenta à medida em que as novas gerações, inclusive, já crescem em circunstâncias mais inovadoras e tecnológicas para receber e trocar informações. Inúmeras ferramentas e aplicativos, bem como metodologias, já são usuais dentro de diferentes projetos pedagógicos.

O João Paulo I - Higienópolis já vinha ampliando a adoção de caminhos nesse sentido, tanto para comunicação quanto para atividades e entrega de conteúdos. O momento criou uma oportunidade ainda maior de acelerar esses processos. Porém, ressaltamos que as formas de ensinar precisam se ajustar ao contexto, mas a sala de aula continua essencial para a educação que acreditamos e o modelo pedagógico que construímos.

É importante ressaltar que o colégio tem investido em alternativas eficazes e reconhecidas para a continuidade dos estudos domiciliares, de forma que não haja interrupções nos conteúdos previstos nem prejuízos aos aprendizados. No retorno das aulas presenciais, iremos realizar diagnósticos relativos ao aprendizado para usarmos estratégias pedagógicas de retomada de conteúdos trabalhados.



As aulas do Ensino Fundamental não devem ser obrigatoriamente presenciais para que tenham validade?


A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) admite que os sistemas de ensino estaduais e municipais realizem atividades domiciliares em situações excepcionais. O ensino à distância pode ser utilizado como complementação da aprendizagem ou em situações emergenciais, como a que estamos vivendo.

 


Como fica a situação de alunos que farão o Enem?


Até o momento, os cronogramas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão mantidos: 11 e 18 outubro, na versão digital, que será realizada pela primeira vez, e 1º e 8 de novembro, na presencial. As inscrições deverão ser realizadas de 11 a 22 de maio. 

 


A mensalidade segue integral enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas?

Sim, em princípio as mensalidades escolares seguem integralmente, mesmo no período da pandemia. Os termos contratuais continuam sendo respeitados e todas as medidas oficiais estão sendo contempladas. Não só o plano de ensino está sendo atendido mas também todo o conteúdo programático definido pela legislação. Deste modo, as regras definidas pelo Ministério da Educação estão sendo cumpridas.

Estamos orgulhosos e felizes pelo apoio de toda a nossa comunidade escolar, que nos incentiva - ainda mais - a seguirmos juntos, com a união e a coletividade necessárias para superarmos os desafios impostos pelo momento.

Além das ferramentas que já faziam parte da rotina do nosso modelo pedagógico, como a SAS e o ClassApp, investimos em mais um plataforma, resultado do nosso esforço em manter a qualidade do ensino e qualificar mais os estudos domiciliares.

Com a Eduqo e a ferramenta qmágico, passamos a contar com máxima tecnologia e inteligência na aprendizagem, facilitando os estudos em casa. Roteiros de estudos, videoaulas, exercícios e atividades avaliativas estão sendo possíveis, permitindo que os conteúdos e o ensino mantenham suas efetividades e a qualidade característica da nossa história. As psicólogas da instituição também estão disponíveis para atender alunos e suas famílias de forma individual. As marcações são feitas pelo aplicativo.

 

Estamos acompanhando o panorama econômico e as medidas do Ministério da Educação, Conselho Estadual de Educação e Procon sobre o tema, prontos para fazermos as negociações que forem necessárias logo que voltarmos às atividades normais.



Mensagem final

 

Torcemos para que essa situação se regularize com a máxima brevidade a fim de que possamos retomar às nossas rotinas com saúde e regressar ao convívio escolar com alegria.

Certamente sairemos seres humanos diferentes dessa experiência que tem nos possibilitado refletir sobre muitas questões básicas, envolvendo a nossa existência. Que seja uma oportunidade para transformações positivas no nosso modo de viver em sociedade e nas nossas relações com o próximo e com o planeta.


Não deixem de entrar em contato com a escola para esclarecer qualquer dúvida por uma de nossas inúmeras mídias de contato.


Cuidem-se todos! Vamos juntos!

Carla Quadros

Diretora geral