Dicas de Química do Professor Gilberto Ramos para o Enem 2020

A importância da polaridade das substâncias e a solubilidade no combate ao coronavírus e o ENEM 2020

 

Vários estudos apresentados durante essa pandemia que nos assola, a COVID-19, mostram que o coronavírus, o responsável por ela, apresenta, ao seu redor, uma camada lipídica (gordura) protetora e, se essa for destruída, o vírus desaparece, fazendo com que uma das formas de combatê-lo seria o uso contínuo de álcool 70º( 70% de álcool isopropílico ou etílico e 30% de água).

etanol

 

Qual é a composição do álcool? E do álcool em gel? 

 

O álcool é uma classe de compostos orgânicos que apresentam em sua cadeia carbônica o grupo hidroxila (–OH) ligado a um carbono saturado. Eles são nomeados de acordo com o número de carbonos e o tipo de ligação que têm; todos terminam em -ol.  

Alguns exemplos são: etanol (álcool etílico), metanol (álcool metílico), isopropanol (álcool isopropílico), butanol e, até, colesterol. Veja na imagem: 

 

Estrutura do colesterol, álcool isopropílico e álcool etílico, respectivamente

Estrutura do colesterol, álcool isopropílico e álcool etílico, respectivamente 

 

“O reconhecimento de um composto que é classificado como álcool, bem como as suas características e propriedades, é um dos conhecimentos abordados durante o Ensino Médio, especificamente quando é trabalhado o conteúdo de Química Orgânica”,  

Já o álcool em gel, é composto por álcool etílico, carbopol, trietanolamina e água. 

 

Como o álcool mata o vírus? 

 

Em contato com o vírus ainda na pele, o álcool na concentração 70%, em gel ou líquido, age como um envelope que circunda o agente infeccioso propiciando a desnaturação de proteínas e estruturas lipídicas nesta região. Assim, ocorre a chamada lise celular, o processo de rompimento da membrana plasmática e, consequentemente, a morte do vírus. 

 

Qual a diferença entre os álcoois 46%, 70% e 96%? 

 

A diferença entre esses tipos de álcoois é a concentração de álcool etílico. Logo, para cada 100 mL de álcool 46%, por exemplo, há 46 mL de álcool etílico e 54 mL de água.No álcool 70%, há 70 mL de álcool etílico e 30 mL de água, e no 96%, há 96 mL de álcool etílico e 4 mL de água. 

“Quanto maior a porcentagem, maior a quantidade de álcool no produto”. 

 

Por que o álcool em gel recomendado é o de concentração 70%? 

 

O álcool na concentração 70% é o mais eficaz para desnaturar as proteínas e estruturas lipídicas, provocando a lise celular, e causar a morte do vírus. Faz-se o alerta que, nas concentrações abaixo de 70%, a quantidade de álcool não é suficiente para levar o organismo à morte. 

Já nas concentrações acima de 70%, o álcool evapora rápido demais e não causa a morte do vírus, além de representar risco maior de incêndios. Em nota, o Conselho Federal de Química explica que a água é necessária para conduzir o álcool ao interior do vírus, mas em água em baixas proporções, o álcool somente desidrata o vírus sem matá-lo. 

 

Como o álcool em gel é fabricado? 

 

Antes da produção do álcool etílico em gel, acontece a fabricação do álcool etílico líquido, o comum. No Brasil, o álcool é obtido por meio da fermentação do açúcar de cana-de-açúcar. Depois, acontece a destilação fracionada, processo que separa misturas homogêneas cujos componentes estão no estado líquido ou gasoso, quando se obtém o álcool 96%. Após adiciona-se as substâncias carbopol, trietanolamina e água. 

 

Importante! 

A desnaturação das proteínas do microorganismo faz-se, mais eficientemente, na presença de água pois esta facilita a entrada do álcool para dentro do organismo e também retarda a volatilização do álcool, permitindo maior tempo de contato. Nesta concentração o álcool destrói bactérias, fungos e vírus (envelopados como o coronavírus e H1N1). 

 

Cuidado! 

Na área da saúde ”álcool” se refere a dois tipos de álcoois solúveis em água: o álcool etílico(etanol) e o álcool isopropílico (propan-2-ol) que apresentam caracteristicas germicidas nestas concentrações. 

 

Onde entra a polaridade e a solubilidade das substâncias neste processo todo? 

 

Tanto o etanol, quanto o álcool isopropílico são compostos polares devido a presença do grupo hidroxila(OH) ligado a C saturado( que só tem ligas simples ao seu redor).É este grupo OH que permite a esses  álcoois estabelecerem ligações entre suas molécula, em meio aquoso, denominadas Ligações Hidrogênicas também conhecida como Pontes de Hidrogênio. 

 

Fórmula estrutural do Álcool etílico ou Etano

Fórmula estrutural do Álcool etílico ou Etano

 

Comportamento do álcool etílico em presença de água  

 

Estabelece Ligações Hidrogênicas com a água, que também é polar, representadas abaixo: 

 

ligação de hidrogênio

relação entre polaridade e solubilidade

 

covid-19 nao saia de casa

 

Mas o que é uma proteína?

 

estrutura geral de um aminoácido

 

As proteínas pertencem a classe dos peptídios, pois são formadas por conjuntos de aminoácidos ligados entre si por ligações peptídicas. 

 

O que é uma Ligação Peptídica?

 

 Uma ligação peptídica é a união do grupo amino (-NH2) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) de outro aminoácido, dando origem a uma Amida. 

 

Representação de uma Ligação Peptídica

 

representação de uma ligação peptidia

 

A estrutura das Proteínas são mantidas por interações fracas e, por isso, são facilmente quebradas quando expostas ao calor, sais, ácidos e álcoois. A perda da estrutura tridimensional se chama desnaturação.

 

 Desnaturação das Proteínas 

 

desnaturação das proteinas

 

A alteração da solubilidade, devido à desnaturação pelo calor, se deve ao aumento da característica hidrófoba, isto é, aversão ou repulsão à água, na superfície da proteína, como consequência do seu desdobramento. 

 

As Proteínas, no seu estado nativo, são mais estáveis, com a energia livre mais baixa possível. A desnaturação das proteínas forçará as moléculas a assumir uma nova estrutura de equilíbrio.

 

desnaturação

 

A Proteína é dita desnaturada quando sua conformação nativa é destruída, devido a quebra de ligações, resultando  numa cadeia distendida. 

 

Efeitos provocados pela Desnaturação:

 

efeitos provocadoas pela desnaturação

 

Exemplos diários de Desnaturação de Proteínas:

 

exemplo de desnaturação

 

Leite: NO LEITE CRU É PROTEINA NATIVA, APÓS ALTERARMOS O pH TORNA-SE DESNATURADA. 

 

Por que enfatizamos neste texto a Desnaturação das Proteínas?

 

O combate ao coronavírus está sendo feito baseado na ação do álcool 70 sobre o mesmo, pois provoca a desnaturação das proteínas e a desidratação das gorduras e, por consequência, a sua destruição. É importante saber como funcionam estas medidas preventivas e a necessidade de cumprí-las para que a pandemia acabe. Sempre lembrando que as medidas higiênicas cotidianas como, lavar as mãos e o rosto com sabão e água, são importantes neste combate. 

 

nao sai de casa

 

Professor Gilberto Ramos


Confira aqui mais dicas dos professores do Higi para você mandar bem no Enem 2020!

 

Leia aqui tudo o que você precisa saber sobre o Enem 2020.