Categoria 2 - 1 º Lugar - Camilly Vitória Cansan Loss

Caro George Orwell,

 

Sua obra, a distopia “1984”, me deixou fascinada e reflexiva sobre a realidade sociopolítica contemporânea. Fico julgando como uma obra perdurou tantos anos sem deixar de ser atual, e consegue da mesma forma retirar as pessoas da sua zona de conforto intelectual, mudando inteiramente minha perspectiva da sociedade e dos possíveis rumos que ela pode tomar. Apesar de se tratar de uma ficção distópica, mostrando o cotidiano de uma sociedade inexistente no plano real, nos traz poderosos questionamentos que todos deveríamos ter pelo menos uma vez na vida sobre a essência nociva dos poderes totalitários.

 

Durante a trama, me revoltei junto de Winston e Júlia frente às injustiças do partido, cujo lema “guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força” me deixou por muitas vezes incomodada durante a leitura, tornando a refletir sobre sua tamanha incoerência. Entre as páginas e palavras que me marcaram, destaca-se uma dentro do livro do suposto “Goldstein”, no qual dizia “no longo prazo, uma sociedade hierarquizada só seria possível com base em pobreza e ignorância”. A partir de tal trecho, pude analisar ao meu redor a verdade existente nessas poucas palavras, e o sistema em que vivemos.

 

As adversidades retratadas por sua obra com certeza marcaram e ainda marcam inúmeros leitores como eu. Que obra fantástica e genial! Suas críticas nas entrelinhas não poderiam ter sido melhores e me fizeram querer continuar devorando cada capítulo desse livro. Atualmente, depois dessa leitura, me sinto mais hábil a questionar melhor a sociedade em que vivo e torná-la cada vez melhor!

 

Atenciosamente,

Camilly Loss